Notícias

10 séries que viraram filmes

Compartilhe! 11 de Novembro de 2018

Em um curto espaço de tempo, duas das séries mais relevantes dos últimos anos viraram matéria de longas-metragens: Breaking Bad e The Walking Dead, que terão suas narrativas expandidas em forma de filme. Andando na contramão da tendência atual — que vê as telonas migrarem para as telinhas —, estes dois seriados entram para uma lista de outras produções que também ganharam derivados fora de seus meios originais. Confira a seguir, portanto, uma lista com 10 séries que também fizeram a transição para o universo dos filmes:

ANJOS DA LEI

 

Nos anos 1980, a série Anjos da Lei fez um sucesso relativo nos Estados Unidos e, posteriomente, ficou conhecida por ter revelado Johnny Depp. Por isso, quase trinta anos depois, Hollywood decidiu pegar o espírito da obra original — jovens policiais que se infiltram em uma escola de ensino médio para pegar pequenos traficantes — e repaginá-la completamente. Assim nasceu o Anjos da Lei da dupla dinâmica Phil Lord e Christopher Miller, protagonizado por Jonah Hill e Channing Tatum — ou nas palavras de Hill, uma mistura entre Bad Boys com os filmes de John Hughes (Clube dos Cinco) para maiores de 18 anos. A comédia foi tão bem nas bilheterias (US$ 201 milhões) que logo garantiu uma continuação, Anjos da Lei 2.

 

DEADWOOD

 

Cancelada precocemente em uma época onde um salvamento por serviços de streaming sequer era um sonho distante, Deadwood sempre foi uma das mais perfeitas candidatas para fazer a jornada para as telonas. E agora, mais de uma década após seu encerramento prematuro, o faroeste finalmente ganhará seu filme, atualmente em produção pela HBO. O roteirista e criador David Milch e Ian McShane, Timothy Olyphant, Molly Parker, John Hawkes e o restante do elenco estão de volta para sacramentar a jornada de Deadwood, explorando as vidas dos icônicos personagens uma década depois de suas últimas aparições.

 

SAI DE BAIXO

 

Mesmo sem Claudia Jiménez, que não aceitou reprisar seu papel por divergências criativas, Sai de Baixo - O Filme acontecerá, com direito ao retorno da maior parte de seu elenco original: Miguel Falabella, Marisa Orth, Tom Cavalcante, Luís Gustavo e Aracy Balabanian — nomes da comédia contemporânea como Tatá Werneck, Paulo Gustavoe Cacau Protásio completam o elenco. Dirigido por Cris D’Amato (S.O.S. - Mulheres ao Mar) e produzido por Daniel Filho, o longa retomará as loucas aventuras da família do Largo do Arouche, que protagonizou a sitcom brasileira de maior sucesso de todos os tempos.

 

A GRANDE FAMÍLIA

 

Mais uma sitcom brasileira que fez a ponte para as telonas foi A Grande Família. Contando com os amados personagens de Marco Nanini, Marieta Severo, Andrea Beltrão, Pedro Cardoso, Lúcio Mauro Filho, Tonico Pereira, Guta Stresser e Marcos Oliveira, A Grande Família - O Filme provou que estabelecer uma base de fãs sólida, antes de mais nada, é o caminho mais seguro para conseguir qualquer êxito desejado: mais de 2 milhões de espectadores assistiram às desventuras cômicas de Lineu, Nenê e cia. nas grandes telas.

 

VAI QUE COLA

 

O filme de Vai que Cola foi produzido da forma mais veloz possível para aproveitar o auge da avassaladora onda de popularidade de Paulo Gustavo. Protagonizado por um ídolo contemporâneo da comédia atual no Brasil, o longa foi um sucesso de público ao fazer o trambiqueiro personagem do protagonista da sitcom retornar ao Leblon, bairro nobre do Rio de Janeiro, mas sem esquecer de seus colegas do subúrbio do Méier, os moradores da pensão da Dona Jô (Catarina Abdalla), incluindo Jéssica (Samantha Schmutz), Wilson (Fernando Caruso) e Ferdinando (Marcus Majella).

 

OS SIMPSONS

 

Era apenas natural que a série mais longeva da história da televisão — 30 temporadas e contando — também testasse as águas do cinema: Os Simpsons. Lançado em 2007, o longa já fez sua estreia com o apoio de uma legião de fãs — o sucesso financeiro nas bilheterias seria apenas, portanto, uma consequência. E os US$ 527 milhões arrecadados pela produção animada ao redor do mundo, além de famosas cenas, como a do Porco-Aranha, convenceram a Fox que outro filme não seria uma ideia nada ruim: a sequência do filme de Os Simpsons está em fase de pré-produção no momento.

 

VERONICA MARS

 

Em mais um caso de série cancelada antes do tempo previsto, Veronica Mars teve sua história expandida em formato de longa-metragem pelo criador Rob Thomas assim que o roteirista e produtor ficou sabendo do encerramento de sua obra nas telinhas. Mas o subsequente filme só ganhou as telonas seis anos após o script ficar pronto, uma vez que a Warner não aceitou financiar o projeto à época. Assim, em 2013, Thomas e a estrela da companhia, Kristen Bell, decidiram iniciar uma campanha de crowdfunding para reunir fundos para o longa. Com US$ 2 milhões arrecadados em apenas 11 horas, o criador e a atriz rapidamente deram início à pré-produção; Veronica Mars - O Filme foi lançado no ano seguinte.

 

BAYWATCH

 

O caso de Baywatch é muito parecido com o de Anjos da Lei, por mais que S.O.S. Malibusempre tenha sido bem mais ousada do que 21 Jump Street. De qualquer forma, alterando o foco da beleza dos salva-vidas para uma comédia de ação no estilo das produções de Dwayne Johnson, o diretor Seth Gordon (Quero Matar Meu Chefe) reinterpretou a premissa original e incluiu perseguições, uma conspiração internacional e alguns outros elementos sem jamais esquecer de corridas em slow-motion e da exposição corporal de seus atores. Apesar dos atrativos e de ter The Rock como protagonista, Baywatch não foi exatamente um sucesso, arrecadando apenas US$ 177 milhões.

 

O ÚLTIMO MESTRE DO AR

 

M. Night Shyamalan alcançou feitos que poucos diretores conseguiram antes de si. Além de ter criado obras duradouras como Corpo Fechado e O Sexto Sentido, com seus finais sempre surpreendentes, o realizador também passou por momentos tão ruins, mas tão ruins, que é como se ele tivesse desaprendido o caminho. Um dos dois pontos mais baixos de sua carreira, além de Fim dos Tempos, é O Último Mestre do Ar, adaptação do popular desenho animado Avatar: A Lenda de Aang. Por mais que tenha se mantido fiel (até demais) à narrativa da série original, Shyamalan não conseguiu capturar o espírito da animação e decepcionou os fãs: O Último Mestre do Ar foi um fracasso de público e crítica.

 

CIDADE DOS HOMENS

 

Para encerrar nossa seleção, mais um exemplar prata-da-casa: Cidade dos Homens, baseado na série de mesmo nome de Guel Arraes. Explorando os primeiros passos de Laranjinha (Darlan Cunha) e Acerola (Douglas Silva) na vida adulta, o filme dirigido por Paulo Morelli expandiu alguns dos temas principais do seriado da Rede Globo, mantendo o foco sobre as vidas dos cariocas nas periferias e nas favelas da Cidade Maravilhosa. Entretanto, apesar da boa recepção da crítica, o longa não encontrou o mesmo êxito que a série no quesito público.

POSSÍVEIS PRÓXIMOS LANÇAMENTOS
CLIQUE AQUI E CONFIRA TODOS OS LANÇAMENTOS
© 2015 Cine Roxy Passos - Todos os Direitos Reservados.